Portal do Governo Brasileiro

OUTUBRO ROSA

 

Nessa quarta-feira, 17, o Inmetro/ Superintendência de Goiás, recebeu suas funcionárias de uma maneira especial com uma palestra  com a Maressa Queiroz- Equipe Social do Comércio(Sesc/Go), sobre Prevenção do Câncer de Mama, onde foi passado filmes, teve entretenimento e também  um café da manhã colaborativo.

O evento foi organizado pelo Geadm/Gestão de Pessoas  pela  servidora Jandira e pela funcionária  Gilda Sousa  da Associação e Maria Luiza estagiária(Geadm).

O Superintendente André Luiz Abrão realizou a abertura do Outubro Rosa, agradeceu a presença de todos  e disse que “ objetivo do evento e fazer um tipo de alerta as mulheres para que elas façam exames periódicos, para facilitar o diagnóstico precoce e aumentar as chances de cura”.

Na década de 1990, nasce o movimento conhecido como Outubro Rosa, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Objetivo da Campanha Outubro Rosa.

O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença. A campanha:

  • enfatiza a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas;
  • informa que para mulheres de 50 a 69 anos é recomendada a realização de uma mamografia de rastreamento a cada dois anos;
  • mostra a diferença entre mamografia de rastreamento e diagnóstica;
  • esclarece os benefícios e malefícios da mamografia de rastreamento;
  • informa que o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias.

Por que a conscientização é importante?

  • De acordo com os dados recentes do Instituto Nacional de Câncer(INCA), a partir de 2018, estima-se que cerca de 59.700 novos casos de câncer de mama sejam diagnosticados no Brasil por ano. O número indica que a cada 100 mil mulheres, cerca de 56 desenvolvem a condição.

Os dados alarmantes posicionam a neoplasia como a segunda que mais acomete mulheres em todo o mundo. Diante da realidade, a melhor medida continua sendo a prevenção.

  • Esses números mostram porquê essa conscientização é importante. O Outubro Rosa é uma lembrança de que as mulheres precisam se cuidar e fazer exames como uma forma de prevenção. Quanto mais cedo o diagnóstico for realizado, melhor é o prognóstico.