Fiscalização em empresa de balança que vinha atuando de forma irregular.

Nessa quarta feira, 26, o Inmetro/ Superintendência de Goiás realizou uma operação em conjunto com a Delegacia do Consumidor-Decon e Polícia Civil, com as participações do Delegado Titular Dr. Weber Leandro Lopes da Silva Santos e dos fiscais do Inmetro Karen Lúcia Alves, Carlos Roberto Mateus e Nelson Oliveira Breta.

Foi realizada uma fiscalização numa empresa clandestina que vinha atuando irregularmente no comércio de Goiânia, há vários anos, consertando e reparando balanças comerciais sem a devida autorização do Inmetro para este fim. A empresa foi denunciada através de Ouvidoria e constataram  que não possuía documentos legais vigentes.

Foram apreendidos em flagrante uma balança e diversos lacres. A empresa foi autuada. Foi dado um prazo de 10 dias para a responsável pelo estabelecimento comparecer ao Inmetro/Surgo para regularizar a sua situação.

Foram enviados dois ofícios à Decon e uma cópia do auto de infração para registar na Delegacia do Consumidor o fato ocorrido. Caso venha acontecer novamente com essa empresa, as providências serão tomadas pela Delegacia, ficou assim acordado.

Somente empresas credenciadas pelo Inmetro podem realizar manutenção em aparelhos de pesagem.

Existe um regulamento técnico estabelecido nacionalmente para esse tipo de equipamento de medição e qualquer fabricante de balança deve garantir que o equipamento atenda aos requisitos definidos no regulamento técnico.

Esse regulamento não limita-se ao fabricante, mas também ao usuário da balança, que é responsável por manter a balança adequada ao uso e em acordo com os requisitos estabelecidos nesse. regulamento técnico