Portal do Governo Brasileiro

Justiça Federal autoriza o retorno imediato do Superintendente de Goiás

 

Em 6 de fevereiro de 2018, o superintendente do Inmetro/Superintendência de Goiás, André Abrão, requereu junto a Procuradoria Federal de Goiás, medida judicial para revogar a decisão de seu afastamento quanto superintendente do Inmetro de Goiás.

Ontem, 26 de fevereiro de 2018, o Juiz Federal Manoel Pedro Martins de Castro Filho, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, considerou as fundadas justificativas apresentadas pelo superintendente André Abrão e revogou a cautelar de afastamento, autorizando o imediato retorno de suas funções como superintendente do Inmetro/Superintendência de Goiás.

Em conversa hoje com os servidores da Superintendência de Goiás, André Abrão disse que na época se declarou surpreso com a decisão de seu afastamento e que se manteve tranquilo, pois sempre colaborou com as investigações e atendeu todas as solicitações dos órgãos envolvidos na apuração dos fatos.

Cabe ressaltar que o superintendente nunca fez parte dos investigados e sempre manteve as portas da superintendência abertas para os devidos esclarecimentos que fizessem necessários.

André Abrão, disse que a superintendência continuará colaborando com as investigações, pois é interesse do Inmetro apurar quais os servidores envolvidos em qualquer que seja a irregularidade.

Divulgamos a íntegra da DECISÃO JUDICIAL sobre o afastamento e retorno do superintendente do Inmetro /Superintendência de Goiás., André Abrão.

Atenciosamente,

André Abrão

Superintendente do Inmetro/Superintendência de Goiás.