Portal do Governo Brasileiro

Inmetro faz Operação Natal em comércio de Goiânia e Brasília

 

A Superintendência de Goiás Inmetro/Surgo, realizou a operação natal no período de 11 a 15 de dezembro. Foram fiscalizados 5.253 produtos, sendo que 5.118 foram aprovados e 135 estavam com algum tipo de irregularidade quanto aos regulamentos técnicos do Inmetro. Desta forma, o percentual de produtos irregulares em relação ao total fiscalizado foi de 2,57%.

As ações fiscalizatórias ficaram voltadas para bicicletas de uso infantil, brinquedos e luminárias tipo pisca-piscas. As equipes visitaram várias lojas no comércio de Goiânia e Brasília.

A superintendente substituta, Patrícia Pinheiro,  falou sobre o principal problema encontrado nesta fiscalização de natal: “A ausência do selo de certificação de conformidade do Inmetro em brinquedos e luminárias natalinas, foi a principal irregularidade dos produtos verificados”.

Também foram feitas em conjunto entre as unidades de verificação de produtos pré-medidos, de Goiás e Brasília, a fiscalização de produtos natalinos como: aves natalinas, carne suína, panetones, frutas e castanhas. Destes produtos 120 foram ensaiados, sendo que 22 foram reprovados, tendo um índice de 18% de reprovação. O maior índice de reprovação foi o de carnes suínas, com 44%.

Patrícia Pinheiro disse ainda que essa fiscalização acontece o ano todo, mas se intensifica na semana da operação especial de natal: “O trabalho é rotineiro, mas todos os anos nessa época os metrologistas fiscalizam o comércio voltado aos produtos natalinos”, afirma Patrícia.

O comerciante que estava com produto irregular foi autuado e terá prazo para apresentar nota fiscal do produto. Com esse documento o Inmetro pode autuar o fabricante que está fora dos padrões de qualidade. Caso não apresente a nota o comerciante é autuado e poderá pagar multa que varia de R$ 100,00 a R$ 1 milhão.