Portal do Governo Brasileiro

NOTA DO SUPERINTENDENTE DO INMETRO/SURGO

 

Quanto à investigação relacionada aos fiscais envolvidos em possíveis irregularidades, estamos apoiando a ação da Polícia Federal dando elementos necessários para que ela conclua a investigação.

Sempre foi uma preocupação do Inmetro a lisura em suas fiscalizações. Infelizmente os fatos em questão, transbordam a esfera administrativa, indo para a criminal. De maneira que o Instituto contou, como conta, com o trabalho da Polícia Federal.

Os servidores vão responder na justiça por crimes que tiverem cometido e através da Presidência do Inmetro/Rio de Janeiro, vamos abrir processo disciplinar contra todos os envolvidos. Ao final do processo, será concluído pela demissão, ou não, dependendo da confirmação daquilo que está sendo investigado.

O Inmetro não compactua com nenhuma irregularidade cometida pelos seus servidores. Portanto, trata-se de um fato pontual e isolado.

Estamos colaborando com as investigações, pois é interesse do Inmetro apurar quais os servidores estão envolvidos em qualquer que seja a irregularidade.

 

Atenciosamente,

André Abrão
Superintendente da Superintendência do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade E Tecnologia no Estado de Goiás – Surgo